Connect with us

Politica

Deputados reunidos em carácter de urgência para análise da conduta dos parlamentares

Published

on

Sob a orientação da Presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cerqueira, os presidentes dos Grupos Parlamentares reuniram-se esta quinta-feira, 22, em carácter de urgência, para analisarem a conduta dos deputados.

De acordo com o 1º vice-presidente, Américo Cuononoca, a conferência teve como objectivo analisar a conduta dos deputados, como forma de “os sensibilizar a pautarem-se por um comportamento exemplar, de fraternidade e união, evitando que seja posta em causa a imagem do Órgão Legislativo”.

“A Assembleia Nacional é um espaço de democracia, de convivência, de estabilidade, de consolidação da paz, de reconciliação nacional, por isso os representantes do povo devem ser um modelo de transmissão dessa coexistência pacífica entre os angolanos”, alertou, Cuononoca, em declarações à imprensa.

Embora o representante da Assembleia Nacional não tenha citado exemplo, o Correio da Kianda publicou ontem o mal-estar entre dois parlamentares durante a Reunião Plenária Ordinária da Sétima Sessão Legislativa da Quinta Legislatura. Agostinho Kamuango (UNITA) condenou o alegado sequestro de que terá sido alvo o deputado Domingos Epalanga, mesmo partido, na manifestação que ocorreu em Luanda, no último sábado, 17, repelida pela Polícia, que, para o deputado do MPLA, Esteves Hilário, “não passou de uma piada”.

“Eu decidi intervir para repudiar energicamente a postura do deputado Esteves Hilário em procurar fazer de piada o sequestro de um deputado. É uma vergonha que um órgão de soberania tenha encarado de ânimo leve um assunto tão grave como este”, repudiou, Agostinho Kamuango, a que Esteves Hilário retrucou: “Eu não fiz piada, quem fez piada é quem foi sequestrado e está aqui ao mesmo tempo”, respondeu, o parlamentar do partido no poder.

“O angolano quando não é excitado por forças ocultas faz manifestação pacífica”, afirma Esteves Hilário

Colunistas