Connect with us

Opinião

Fortalecer a Identidade Turística de Angola: Estratégias e Desafios na Criação de uma Marca Nacional

Published

on

Angola detém um vasto potencial turístico ainda por explorar, enfrentando desafios significativos devido à ausência de uma marca turística reconhecível e estratégias de marketing bem definidas. Neste artigo, iremos explorar a importância de desenvolver uma marca turística nacional robusta e um plano de marketing estratégico para posicionar Angola como um destino turístico preferencial a nível global.

Analisaremos as iniciativas do Plano Nacional de Fomento ao Turismo (PLANATUR), que visa aumentar a contribuição do turismo para o PIB de menos de 1% em 2022 para 1,9% até 2027, por meio de investimentos em infraestruturas, requalificação de recursos turísticos e promoção internacional. Propomos abordar tanto o crescimento do turismo interno quanto a atração de turistas estrangeiros, destacando os esforços necessários para ultrapassar os obstáculos existentes e aproveitar as oportunidades futuras.

Diagnóstico do Setor Turístico em Angola

Angola é um país com um rico patrimônio cultural e uma impressionante diversidade natural, elementos essenciais para um setor turístico vibrante. No entanto, atualmente, o turismo contribui com menos de 0,01% para o Produto Interno Bruto (PIB) do país, com um número limitado de visitantes internacionais alcançando cerca de 93.000 até outubro de 2023. Esta modesta performance é atribuída a uma série de desafios estruturais e perceptivos.

A infraestrutura turística em Angola, incluindo o acesso a locais de grande interesse como o Parque Nacional da Kissama e as Quedas de Kalandula, permanece limitada. Estradas em condições precárias e a falta de serviços básicos próximos aos destinos turísticos principais reduzem significativamente a acessibilidade e a atratividade desses locais. A inadequação das conexões aéreas e rodoviárias compromete o acesso a muitas áreas de potencial turístico, limitando a capacidade do país de atrair um espectro mais amplo de visitantes. Além disso, a imagem de Angola ainda sofre com a percepção de instabilidade e insegurança, fatores que desencorajam o turismo internacional. A oferta atual de serviços turísticos frequentemente não atende aos padrões internacionais, impactando negativamente a experiência dos visitantes e a possibilidade de retorno.

Para reverter essa situação e maximizar o potencial turístico, é fundamental que Angola desenvolva e fortaleça uma marca nacional robusta para o turismo. A criação da marca “Angola Turismo” visa não só melhorar a imagem do país como também promover suas riquezas naturais e culturais. Isso inclui o foco na melhoria da infraestrutura nos principais destinos turísticos e na promoção eficaz desses locais tanto no mercado interno quanto internacional. Investir na formação de pessoal qualificado para elevar a qualidade dos serviços turísticos, modernizar a legislação para apoiar o desenvolvimento turístico e atrair investimentos, e implementar campanhas estratégicas para posicionar Angola como um destino atraente e seguro, utilizando modernas técnicas de marketing digital e parcerias internacionais.

A Necessidade de uma Marca de Turismo

No competitivo mercado global de turismo, uma marca forte é crucial para o sucesso de um destino. Uma marca turística eficaz não apenas aumenta o reconhecimento e a visibilidade de um destino, mas também contribui significativamente para a construção de uma imagem positiva que pode atrair turistas e investimentos. Para Angola, que busca superar percepções negativas e emergir como um destino turístico de escolha, o desenvolvimento de uma marca coesa e atraente é fundamental. Esta marca deve encapsular os elementos únicos da cultura angolana, sua biodiversidade e as experiências únicas que os visitantes podem esperar.

Examinando exemplos globais, como “Brasil – É tudo isso e muito mais”, Cabo Verde: “No Stress” e Namíbia: “Endless Horizons”, podemos entender melhor o impacto de uma marca de turismo forte. Para Angola, adotar uma abordagem semelhante significa identificar e comunicar os aspectos mais atraentes e distintivos do país. Isso pode ser alcançado através de uma narrativa envolvente que destaque Angola não apenas como um lugar para visitar, mas uma experiência para ser vivida. Implementar uma estratégia de marca bem desenvolvida será essencial para transformar a indústria turística do país e colocar Angola no mapa como um destino turístico de destaque mundial.

Criação da Marca “Turismo de Angola”

No âmago de qualquer marca de sucesso está um processo criativo bem fundamentado, que começa com uma pesquisa meticulosa. Para o “Turismo de Angola”, o primeiro passo é compreender o que Angola realmente representa e como é percebida tanto internamente quanto globalmente. Que histórias estamos a contar ao mundo? Que imagens vêm à mente quando os turistas pensam em Angola?

A fase de design envolve a tradução dessas percepções em elementos visuais que cativam e falam diretamente ao coração dos potenciais visitantes. Não se trata apenas de escolher cores e símbolos agradáveis; é sobre criar uma identidade visual que encapsule a essência de Angola – desde as suas paisagens espetaculares e biodiversidade até sua rica herança cultural e vibrante vida urbana.

A mensagem que o “Turismo de Angola” promoverá deve ser clara e ressonante. Qual é a nossa promessa aos turistas? Angola não é apenas um destino; é uma aventura, uma história de descobertas e experiências inesquecíveis. O slogan da marca, por sua vez, deve ser curto, memorável e poderoso. Algo que não apenas ressoe com o mercado internacional, mas que também orgulhe os angolanos.

Os elementos visuais do “Turismo de Angola” serão audaciosos e coloridos, refletindo a diversidade natural e cultural do país. Imagine uma paleta de cores que inclua o azul profundo do Oceano Atlântico, o verde exuberante da floresta do Maiombe, e os tons vibrantes dos tecidos tradicionais angolanos. Cada peça de material promocional deve ser uma janela para as maravilhas que Angola tem para oferecer.

O slogan, “Angola Awaits” (Angola Espera), é uma chamada para a aventura, sugerindo que o país está pronto para ser descoberto e explorado. A mensagem é simples, mas poderosa: Angola é um destino de oportunidades infinitas, esperando para ser descoberto por viajantes corajosos e curiosos.

Plano de Marketing para o Turismo Angolano

A criação da marca “Turismo de Angola” é apenas o primeiro passo. Para alcançar o sucesso, é essencial desenvolver e implementar um plano de marketing abrangente e eficaz. Este plano deve ser adaptado às realidades do mercado global e às tendências emergentes, ao mesmo tempo que capitaliza as vantagens competitivas únicas de Angola.

A estratégia de marketing para o “Turismo de Angola” deve abordar tanto o mercado doméstico quanto o internacional. No mercado doméstico, o foco será em educar e inspirar os angolanos sobre as maravilhas de seu próprio país, incentivando viagens locais e um maior apreço pelas riquezas naturais e culturais de Angola. Isso pode ser feito através de campanhas de mídia social, programas de incentivo ao turismo local e parcerias com empresas e instituições locais.

Ao mesmo tempo, é crucial atrair turistas internacionais para Angola. Isso exigirá uma abordagem multifacetada, que inclua publicidade digital direcionada, participação em feiras e eventos de turismo internacionais, colaborações com operadores turísticos estrangeiros e a utilização eficaz das redes sociais e influenciadores digitais para aumentar a conscientização e o interesse pelo destino.

A colaboração entre o setor público e privado será fundamental para o sucesso da estratégia de marketing. O governo deve fornecer apoio financeiro e regulatório, bem como promover parcerias público-privadas para o desenvolvimento de infraestrutura turística e a promoção de Angola como um destino turístico de classe mundial.

Em resumo, o fortalecimento da identidade turística de Angola requer uma abordagem holística e colaborativa que aborde tanto os desafios estruturais quanto perceptivos enfrentados pelo setor. A criação da marca “Turismo de Angola” e a implementação de um plano de marketing estratégico são passos essenciais nesse sentido, posicionando Angola como um destino turístico de destaque a nível global e impulsionando o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável do país.

Leia também

Diagnóstico do Turismo em Angola: Avaliação de Desafios e Oportunidades

Diagnóstico do Turismo em Angola: Avaliação de Desafios e Oportunidades – Parte 2

Transformando Angola através do Turismo: Estratégias para 2024-2027