Connect with us

Politica

Luanda vai discutir conflito militar que envolve Rússia e Ucrânia

Published

on

O conflito militar que se vive na Ucrânia, fruto da invasão russa, vai ser discutido na Assembleia Geral da União Interparlamentar 147, que Luanda acolhe de 23 a 27 de Outubro do ano em curso.

A revelação foi feita em exclusivo à Rádio Correio da Kianda pelo presidente em fim de mandato, Duarte Pacheco: “estão na capital angolana representantes da Rússia e Ucrânia e há uma comissão específica para tratar desse assunto”, garantiu.

Quanto ao conflito Hamas e Israel, Duarte disse que “é bom que fique claro, o conflito não é de Israel contra Palestina vice-versa, mas, é contra um grupo terrorista, que se não for eliminado, qualquer dia, pode invadir um outro país, como Portugal ou Angola”, por isso, considera de normal afirmação do Primeiro Ministro israelita Nantaniau quando orienta os militares que “esta luta é luta das vossas vidas, se não matarem vai vos matar”, disse, Benjamim Nantaniahu, durante a visita que fez as tropas na frente de batalha.

O Presidente da Assembleia Geral Interparlamentar disse também que só existem quatro candidatas à sua sucessão, todas são africanas. Questionado sobre o balanço que pode fazer do seu mandato, que termina sexta-feira próxima, Duarte Pacheco disse que esta tarefa é de outros.

“Só pode eles avaliarem o que fizemos” e concluiu: “aquilo que não realizamos vamos deixar para o futuro presidente concluir”, disse.

Assembleia Interparlamentar arranca hoje com foco na promoção da paz e democracia

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Colunistas