Connect with us

Mundo

Hamas avalia nova proposta de cessar-fogo para libertação de reféns

Published

on

O chefe da diplomacia britânico, David Cameron, declarou nesta segunda-feira que o movimento palestiniano Hamas, apresentou uma nova proposta de cessar-fogo na faixa de Gaza, prevendo a suspensão das hostilidades durante 40 dias e a libertação de reféns e prisioneiros.

A nova proposta exige que o grupo liberte até 33 reféns em troca de uma pausa nas hostilidades em Gaza e é apresentada em duas fases.

A primeira exige a libertação de 20 a 33 reféns durante várias semanas em troca da pausa e da libertação dos prisioneiros palestinos.

A segunda fase é o que fontes descreveram como a “restauração da calma sustentável”, durante a qual os restantes reféns, os soldados israelenses cativos e os corpos dos reféns seriam trocados por mais prisioneiros palestinos.

Israel aguarda uma resposta do Hamas, que deverá se reunir com mediadores egípcios e cataris no Cairo ainda esta segunda-feira.

Entretanto, uma resposta de Yahya Sinwar, o líder do Hamas em Gaza, é esperada dentro de alguns dias possivelmente nas próximas 24 horas.

Colunistas