Connect with us

Politica

Cubanos manifestam-se em Luanda para pressionar governo do arquipélago

Published

on

A comunidade de cidadãos cubanos residente em Luanda vai manifestar-se hoje, defronte a embaixada daquele país sul-americano, a pressionar o governo de Miguel Diaz Canela a acabar com a ditadura.

Numa carta dirigida à Governadora Provincial de Luanda, em que comunicam a intensão de manifestar-se pacificamente, os subscritores querem exigir o fim da ditadura imposta em Cuba há mais de 60 anos, e exigem que sejam respeitados os direitos humanos fundamentais no país, bem como respeitar o direito do cidadão a se manifestar livremente.

“A situação no nosso país é Insustentável, por isso os cubanos que residimos em Angola vamos nos manifestar para apoiar e nos solidarizar com os milhões de cubanos que estão a fazê-lo dentro de Cuba”, lê-se no documento datado de 13 de Julho, a que o Correio da Kianda teve acesso.

A carta subscrita por quatro cidadãos, entre os quais uma jornalista e uma médica dentária, referem que a manifestação fica circunscrita ao espaço defronte a embaixada de Cuba em Luanda, na rua Eduardo Mondlane, número 22, ao distrito da Maianga, das 09h às 10h, deste sábado e garantem o cumprimento das regras de combate a pandemia da covid-19, em vigor em Angola.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Nuria

    19/07/2021 at 3:22 pm

    Acho que issa foto é dos médicos que vieram no ano passado a combatir a covid em Angola, né?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas