Connect with us

Desporto

Agressão sexual: Dani Alves condenado a quatro anos e seis meses de prisão

Published

on

O Tribunal Provincial de Barcelona comunicou esta quinta-feira, 22, que o jogador brasileiro Daniel Alves enfrentará uma pena de prisão de quatro anos e seis meses, por agressão sexual a uma mulher de 23 anos.

“O arguido agarrou de forma bruta a queixosa, atirou-a ao chão e, impedindo-a de se movimentar, penetrou-a pela vagina, apesar de a queixosa ter dito que não, dado que ela queria sair”, o que, o órgão judicial espanhol considerou que, perante os pressupostos estabelecidos, “cumpre o tipo de ausência de consentimento, com uso de violência”, destaca, hoje, a imprensa local.

Dani Alves ficará ainda sujeito a mais cinco anos de liberdade condicional e impossibilitado de ter qualquer contacto com a vítima durante nove anos e seis meses. Terá ainda que pagar uma indemnização de 150 mil euros à jovem.

O caso remonta a Dezembro de 2022, entretanto, o futebolista foi acusado há catorze meses de violar uma mulher numa casa de banho de uma discoteca, em Sutton, tendo ficado a conhecer a sua sentença hoje.

Ao longo do tempo, o lateral-direito apresentou várias versões, entre desculpas pelo sucedido e justificações de que tinha sido um acto consentido, mas não se livrou da condenação, enfrentando vários testemunhos e até imagens de câmara de vigilância que o comprometeram.

Dani Alves ficará ainda sujeito a mais cinco anos de liberdade condicional e impossibilitado de ter qualquer contacto com a vítima durante nove anos e seis meses.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *