Connect with us

Economia

Governo vai gastar mais de 220 milhões de dólares com importação de arroz

Published

on

O Governo prevê gastar perto 224 milhões de dólares para a compra de 270 mil toneladas de arroz em 2024, para complementar as necessidades do país.

Segundo cálculos feitos, representa menos 69 mil toneladas em relação ao ano anterior, visto que em 2023 foram importadas 339 mil toneladas, que custaram aos cofres do Estado 223,1 milhões de dólares.

Segundo uma nota do Ministério da Industria e Comércio, o primeiro lote de 90.000 toneladas se destina à cobertura dos meses de Maio, Junho e Julho, o segundo lote cobrirá as necessidades dos meses de Agosto, Setembro e Outubro, e o terceiro lote atenderá às necessidades dos meses de Novembro e Dezembro de 2024.

Questionado sobre o assunto, o director geral da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA), Carlos Cambuta, disse que enquanto o país não for auto-suficiente na produção de produtos agrícolas a solução será sempre a importação.

O especialista defende, por outro lado, maior investimento na produção nacional para diminuir a importação.

Recordar que nesta segunda-feira, 29, o Presidente da República disse, em Seul, durante a abertura do Fórum Empresarial Angola-Coreia, que Angola quer contar com o apoio daquele país no domínio dos transportes e da agricultura, sobretudo no apoio da produção de arroz.