Connect with us

Politica

Zenu dos Santos diz estar disponível em cooperar com a PGR

Published

on

Num comunicado tornado público com a data de 27 de março pelo Ex-filho do Presidente da República José Eduardo dos Santos, um dia depois da procuradoria geral da república, ter divulgado os nomes das pessoas que foram constituidos arguidos, em que consta o Ex-PCA do fundo soberano, José filomeno dos Santos, vem, através de um comunicado, esclarecer que foi de forma voluntária que tomou a iniciativa de contactar a PGR entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março, no sentido de colaborar para a descoberta da verdade tendo a sua constituição como arguido ocorrido no dia 6 de março.

José filomeno dos santos afirma ainda que depois do interrogatório não lhe foi aplicada, tampouco notificado de nenhuma medida de coação, e que foi atravês dos orgãos de comunicação social onde tomou conhecimento das medidas de coação, vinte dias depois do interrogatório em que foi submetido.

Foi assim que, que em cumprimento do despacho de indiciação, deslocou-se a PGR, no dia 27 de março onde assinou o termo de identidade e de residencia, e procedeu a entrega dos passaportes.

Na nota, José Filomeno dos Santos avança ainda, que mantem total disponiblidade de continuar a cooperar com a Procuradoria Geral da República, para a resolução plena e satisfatória deste processo.