Connect with us

Politica

Vistos: Viajar para Portugal exige pagamento de agendamento

Published

on

A partir de 25 deste mês de junho, quem desejar viajar para Portugal deverá fazer o pré-pagamento de 36 euros de taxa de agendamento, deixando de ser feito a favor da empresa VFS que actualmente presta os serviços de agendamento.

O anuncio foi feito pelo embaixador de Portugal em Angola, Francisco Alegre Duarte, que referiu que o objectivo é diminuir as não comparências, devido às elevadas taxas cobradas pelos serviços.

 “É mais uma forma de combatermos o uso abusivo das plataformas de agendamento online”, sublinhou o diplomata.

A Cônsul-Geral de Portugal em Luanda, Cláudia Boesch explicou que esta modalidade (pré-pagamento da taxa de serviço da VFS) já está a funcionar noutros países, visando diminuir a taxa de não comparências.

“Neste momento a taxa de não comparências ronda os 30 a 40%, com esta solução pensamos que vamos reduzir para 7 ou 8%”, afirmou.

No seu discurso alusivo às comemorações do 10 de Junho, na Escola Portuguesa de Luanda, o embaixador sublinhou o desejo de que Portugal e Angola continuem a trabalhar “lado a lado com o objectivo comum de prosperidade partilhada”, elencando as várias áreas da cooperação portuguesa já em curso.

“No nosso dia nacional não celebramos tanto o que nos distancia dos outros, mas sim o que nos aproxima”, concluiu o embaixador, que ocupa o posto em Luanda há cerca de três meses.

Continue Reading
5 Comments

5 Comments

  1. António Magalhães

    13/06/2022 at 3:23 pm

    Isso é roubo e depois dar esse serviço a uma empresa(serviço que deveria ser prestado pela embaixada a preços iguais aos do continente, essa empresa está a extorquir valores as pessoas e o visto nunca mais sai demora o tempo que eles wuerem, penso que estamos a ser roubados,(sera que lisboa sabe disto?)

  2. Odete de jesus fortes

    13/06/2022 at 5:00 pm

    Concordo desde que essa situação ajuda as pessoas que desejam viajar de férias as vezes não conseguem por tanta burocracia, bom trabalho

  3. Catarina Namussava Daniel

    13/06/2022 at 11:18 pm

    Foi uma sábia decisão,muito obrigada!
    Fui barrada e por outra,terei que marcar novamente a entrevista e pagar novamente 25 mil kwanzas!

  4. Nsungo Emanuel

    14/06/2022 at 7:37 pm

    Também concordo com está decisão, vai facilitar as pessoas a fazerem marcações certa, porque muita gente fazem marcações desnecessária e sem comparência nenhuma.

  5. Nicolau Miguel

    15/06/2022 at 8:52 am

    Uma boa iniciativa, ajudaria muita gente que pretende viajar para Portugal.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas