Connect with us

Sociedade

VIH: Luanda regista redução de número de testes

Published

on

Segundo um relatório apresentado nesta quinta-feira, 03, pela coordenadora provincial do programa de luta contra o VIH/SIDA de Luanda, Tânia Chilumbo, a província de Luanda registou uma redução do número de testes para o VIH, o que se reflecte na taxa de positividade que também reduziu.

O relatório reúne dados comparativos do primeiro trimestre de 2020, em relação a 2019. No presente, foram realizados um total de 184.415, sendo 6842 dos resultados positivos, fazendo com que a taxa de positividade baixasse para 3,71, contra os 4,85 de 2019, quando 10.320 testaram positivo para um total 212.702 realizados.

A coordenadora provincial do programa de luta contra o VIH/SIDA de Luanda, Tânia Chilumbo, que falava no workshop sobre o VIH em Luanda, disse que o atendimento aos serviços foi prejudicado pela pandemia da covid-19 que assola o país e o mundo.

Tânia Chilombo augura que a pandemia da covid-19 termine para que se consiga dar melhor assistência às pessoas que pretendam realizar o teste de VIH, apelando à responsabilidade “para melhorar a qualidade de vida das pessoas e não lesar as gerações futuras”.

A melhoria das condições para as pessoas que trabalham nos projectos ligado ao HIV, bem como a atingir as metas traçadas para o combate a doença, figuram igualmente dos desafios apontando pela técnica que, dentre os quais destacou a redução de novas infecções.

Colunistas