Connect with us

Sociedade

Viana: Adolescente acusado de feitiçaria pela direcção da sua escola

Published

on

Um adolescente de 14 anos foi acusado de feitiçaria pela direcção da escola onde estuda, no município de Viana, pelo facto de ter feito um desenho não descrito, no interior da instituição.

A informação foi avançada pelo Instituto Nacional da Criança (INAC) através do relatório semanal do serviço SOS-Criança.

O relatório relata que a criança foi encontrada a fazer um desenho no pátio da escola pelo agente de segurança da instituição que, por sua vez, encaminhou o menor para os dirigentes do complexo de ensino.

A direcção entendeu que se tratava de uma criança feiticeira, facto que levou a castigá-lo, deixaram-no trancado, sem roupa, no interior de uma sala de aula, onde foi abandonado por duas horas.

Entretanto, com a intervenção do director municipal da Acção Social e da Polícia do município de Talatona, “foi possível proceder à detenção da madrasta e a criança acolhida temporariamente, até que, com a intervenção do pai, se possa localizar a mãe”, avançou.