Connect with us

Politica

Viagem: “ACJ pode levar à justiça responsáveis pelo vazamento dos seus dados pessoais” – diz Ana Paula Godinho

Published

on

Um bilhete de Viajem e passaporte de Adalberto Costa Júnior, com destino ao Dubai, ontem 19 de Junho, vazou para nas redes sociais, tendo gerado críticas por parte dos internautas, uma vez que faltam poucos dias para os partidos políticos formalizarem as respectivas candidaturas junto do Tribunal Constitucional, visando às eleições gerais a se realiza dentro de dois meses. As críticas, prendem-se com o facto de a UNITA, liderado por Adalberto Costa Júnior, não ter formalizado até agora, a sua candidatura Às eleições de 24 de Agosto Próximo.

A especialista em matéria jurídica e advogada, Ana Paula Godinho Marques da Conceição, disse hoje, ao Correio da Kianda, que o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, pode accionar mecanismos legais para responsabilizar judicialmentea pessoa ou outras envolvidas no vazamento do seu bilhete de embarque e passaporte nas redes sociais.

Ana Paula Godinho afirma que estamos perante uma violação de um direito fundamental, que é o direito da reserva da intimidade da vida privada.

A renomada advogada realça que é certo que as figuras públicas podem ter em algumas circunstâncias a sua intimidade violada, mas tem que haver limites, e no caso da divulgação dos dados pessoais do líder do maior partido na oposição, foram ultrapassado todos os limites.

“A pessoa tem que ter direito de reservar para si, aspecto íntimo da sua vida privada”, disse e exemplifica como fazer uma viagem e os seus documentos de identificação não tem que ser expostos e nem a pessoa tem que ver a sua vida privada ser exposta sem que haja um motivo sério para o efeito.

A jurista explica que em certos casos, o cidadão só pode ver seus dados expostos em situação ou caso de polícia e de justiça, que no seu entender, não é o que ocorre com o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior.

 “Quando se começa a devassar a vida das pessoas assim, estamos perante uma situação muito grave”m lamentou a advogada.

“Diante deste caso, a pessoa cujo direito foi violado é quem efectivamente pode accionar os meios ao seu alcance contra quem fez essa violação”, disse.

Ana Paula Godinho enfatiza ainda que se nesta violação de direito privado tiverem envolvidas várias pessoas, todos eles naturalmente devem ser responsabilizados que comprovadamente colaboraram neste vazamento.

Continue Reading
3 Comments

3 Comments

  1. Gelson Costa

    21/06/2022 at 8:28 am

    Tudo dependerá do seu bom senso na resolução deste problema.
    Mas ainda assim tenho a criticar a sua Prática: preocuparia_se mais pela causa de Agosto e evitar essas saídas.
    Mas outrossim queremos ouvir da parte do ACJ os reais motivos de sua viagem. Agradeceria.

    • Rubem Chiwisse da silva

      21/06/2022 at 12:39 pm

      Eu acho que nenhum dos concorrente as eleições que se aproximam sairá sem motivos algum do país nessa fase do campeonato. Brincar também o presidente da unita não foi . Acho que ele está a fazer tudo em prol do 24 de Agosto

  2. victor carlos

    21/06/2022 at 3:52 pm

    tudo começa em cabinda caso abel chivukuvuku, aquela comportamento estupidez do turno de embarque, indica tudo isso essa gente em vez de linxar a imagem desse potencias candidato estão maze a pintar joão lourenço. são amadores pateticos presunçosos a equipe chionga mendes de carvalho carlos alberto kawik norbeto garcias tavares, entre outros estão prestar um pessimo trabalho para joão lourenço trite ai tá resultados pífios.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas