Connect with us

Sociedade

Varíola do Macaco: Saúde desmente existência de caso na Lunda Norte

Published

on

As autoridades sanitárias na província da Lunda Norte desmentiram o registo de um caso positivo de varíola do macaco no hospital provincial.

A informação surge depois de uma imagem posta a circular nas redes sociais, em que aparece um adolescente de 14 anos, supostamente infectado pela doença, na província da Luanda Norte.

O adolescente, que se encontra internado no hospital provincial da Lunda Norte, apresenta um quadro de grandes lesões na pele.

Sem revelar de que patologia padece o paciente, o Director do Gabinete Provincial da Saúde na Lunda Norte, Jimy Ngunga, diz ter solicitado da unidade hospitalar, com carácter de urgência, as amostras para análises laboratoriais, para investigação do paciente os seus contactos e o meio onde está inserido tendo os exames desconfirmado ser um caso de varíola do macaco.

De acordo com a equipa médica do referido hospital, o paciente apresenta lesões dermatológicas, que podem ser confundidas com varicela ou herpes, e garante que o adolescente apresenta um quadro clínico estável.

Lembrar que o Ministério da Saúde reactivou o Plano Nacional de Contingência para o Controlo da Varíola do Macaco, que visa a implementação de acções de prevenção e resposta rápida de um provável surto da doença.

Em causa, está um surto da doença na República Popular do Congo e na República Democrática do Congo, países que fazem fronteira com Angola.