Connect with us

Sociedade

Vandalização de autocarros causa prejuízos de mais de AKZ 14 milhões à TCUL

Published

on

Dois autocarros da empresa Transportes Colectivos Urbanos de Luanda (TCUL) foram vandalizados as 16 horas do passado dia 1 de Fevereiro, por jovens até ao momento não identificados, na zona do grafanil Bar, na Avenida Deolinda Rodrigues, em Viana, causando prejuízos avaliados em mais de 14 milhões de Kwanzas.

A transportadora terreste de transportes inter-urbanos refere, num comunicado enviado ao Correio da Kianda, que os veículos foram atacados em momentos distintos, não sabendo se os jovens agiram de forma coordenada, pois o primeiro, de marca Volvo, com a chapa de matrícula LD-26-17-NA foi alvo de arremesso de arremesso de objectos contundentes que danificaram os vidros da porta de trás do veículo.

Já o segundo, ataque foi contra um autocarro articulado com a chapa de matrícula LD-24-30- HP, trinta minutos depois, na sequência de um confronto entre jovens na via pública, e que causou a danificação do vidro lateral esquerdo.

Na altura em que se registaram os actos de destruição do equipamento da TCUL, os dois autocarros estavam em serviço público na carreira C17 Capalanga -1° de Maio.

Com a danificação dos meios os dois autocarros deixam de transportar mais de seis mil passageiros/dia, na carreira Viana-1º de Maio, o que resulta em prejuízos financeiros calculados em 14.520.000 Kwanzas.

A TCUL é a principal empresa de transportes públicos terrestre inter-urbano do país, com uma frota de cerca de 500 autocarro na capital, onde opera entre as 05h00 e as 21h00, transportando mais de 180 mil passageiros.

Além do serviço de transporte inter-urbano em Luanda, possui igualmente uma frota de autocarros no serviço de transporte interprovincial de passageiros e cargas.