Connect with us

Politica

Vandalismo: Namibe com prejuízos de 50 milhões de kwanzas

Published

on

Mais de 50 milhões de kwanzas é o valor dos prejuízos que o Governo Provincial do Namibe registou, nos últimos seis meses, em consequência dos actos de vandalismo dos bens públicos.

A informação foi revelada, esta segunda-feira 18, pela vice-governadora provincial para os serviços técnicos e infra-estruturas, Ema da Silva, durante a 4ª Sessão Ordinária do Conselho de Auscultação e Concertação social, tendo apontado os sectores da Saúde, Educação, Água, Energia e Caminhos- de-Ferro como os mais afectados.

Trata-se de postos de iluminação pública, manivelas, cabines de energia, sistemas de águas, cabos eléctricos, carteiras, janelas, tubos de canalização, travessas dos caminhos-de-ferro, entre outros equipamentos sociais que foram vandalizados neste período.

Segundo a responsável, para combater este mal, foi criada uma comissão multissectorial que trabalha em campanhas de sensibilização, com vista a consciencializar a comunidade sobre os actos de vandalismos e a cultura de denúncia.

Ema da Silva deu ainda a conhecer que na sequência foram encerradas 13 casas de material ferroso em Moçâmedes e seis no Tômbwa, com nove mil toneladas de material ferroso, enquanto no Camucuio foi aprendida uma viatura com 20 toneladas com este material.