Connect with us

Sociedade

Vandalismo: 80% dos semáforos em Luanda estão paralisados

Published

on

A província de Luanda continua a ser a mais prejudicada com actos de vandalização de bens públicos. A situação está afectar quase todos os sectores.

Actualmente, mais de mil metros de cabos eléctricos que alimentam os circuitos de semáforos no município de Luanda foram vandalizados. Oitenta por cento dos sinais luminosos não funcionam em consequência dos actos de vandalismo.

A informação foi avançada pelo director provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana da província de Luanda, Sérgio de Assunção Sachicuata.

Recordar que a proposta de Lei sobre Vandalização dos Bens Públicos e Serviços Públicos foi aprovada, na passada quarta-feira, na generalidade, durante a 6.ª reunião plenária ordinária da 2.ª sessão legislativa da V Legislatura da Assembleia Nacional.

Segundo a proposta de lei, a vandalização de bens e serviços públicos pode ser punida com penas que variam entre três e 25 anos de prisão, sendo que aquele que causar dano em bem público, perturbar ou frustrar, ainda que temporariamente, a prestação de serviço público, é punido com a pena de prisão de três a oito anos.