Connect with us

Justiça

Valter Filipe diz que Massano prestou falsas declarações a PGR

Published

on

O antigo governador do BNA, Valter Filipe, disse, hoje, durante a audiência em Tribunal, que José de Lima Massano, seu substituto, na liderança do Banco Nacional de Angola, prestou falsas declarações à Procuradoria Geral da Republica, ao afirmar que apenas em Dezembro de 2017 foi feito o registo da transferencia dos 500 milhões de dólares para Londres, e que as instruções para a sua execução foram verbais.

“O Governador Massano nunca devia ter dito isso à PGR, por não dominar a operação,” disse.

Valter Filipe, garantiu que a transferencia dos 500 milhões de dólares foi licita e não foi feita às margens das normas que regulam o Banco Nacional de Angola.

Filipe, esclareceu que a transferencia foi executada por quatro técnicos da Direcção de Gestão de Reservas, três técnicos da Direcção de Operações Bancarias e por técnicos da Direcção de Contabilidade.

Recorde-se que Valter Filipe, e José Filomeno dos Santos “Zenu”, começaram a ser julgados na segunda-feira, 09, no Tribunal Supremo, em Luanda, acusados de branqueamento de capitais e peculato, no âmbito do conhecido caso dos 500 milhões USD transferidos ilegalmente do BNA para o estrangeiro.