Connect with us

Desporto

Usain Bolt despede gestor financeiro: “não estou falido”

Published

on

O atleta jamaicano Usain Bolt despediu o seu gestor financeiro e começou a preparar uma acção na justiça após a fraude milionária de que recentemente foi vítima. O antigo atleta assume que ficou abalado quando percebeu que 12,7 milhões de dólares desapareceram da sua conta bancária.

“Não estou falido, mas afectou-me, definitivamente. Era o meu futuro. Todos sabem que tenho três filhos, que estou a cuidar dos meus pais e ainda quero viver bem”, disse durante um evento publicitário.

Actualmente com 36 anos, o ainda recordista mundial e olímpico nos 100 e 200 metros foi um dos muitos clientes vítimas da empresa financeira jamaicana Stocks and Securities Limited (SSL) num desfalque que terá ascendido os 3 mil milhões de euros.

“Não quero falar muito sobre o assunto, mas estou tão confuso como os outros. É uma situação infeliz porque, tanto eu como os outros lesados, trabalhamos muito para ganhar aquele dinheiro”, rematou Bolt, que viu a sua fortuna ficar reduzida a… 12 mil euros.

A SSL não cumpriu o prazo de dez dias estipulados pelos advogados de Bolt para repor o dinheiro e informou que já iniciou uma investigação interna que aponta a um ex-funcionário como responsável pela fraude.

Usain Bolt perde USD 12 milhões. Ficou apenas com USD 12 mil na conta

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *