Connect with us

Politica

UNITA rejeita acusações de João Lourenço e pede provas

Published

on

O secretário geral da UNITA, Álvaro Daniel Tchicuamango, rejeitou hoje, sexta-feira, as acusações de João Lourenço e lança um desafio ao líder do MPLA pedindo provas para a acusação.

Aquele dirigente partidário, que reagia às afirmações do Presidente do MPLA, João Lourenço, após ter dito que “o país tem uma oposição liderada por uma força política com uma agenda política clara de  atingir o poder a qualquer preço”.

Em entrevista ao Correio da Kianda Álvaro Daniel, manifestou insatisfação e pouco crédulo, com os pronunciamentos do presidente do MPLA. Para o dirigente do Galo Negro, o seu partido não está optar em atingir o poder por qualquer preço, e o presidente deve dizer aos angolanos o que significa esse “qualquer preço”, e quais são os dados e posteriomente apresentar em que parte a UNITA não está obedecer a Constituição da República e a Lei.

Para Álvaro Daniel, esse discurso não prejudica a UNITA, pelo contrario, prejudica o próprio Presidente da República que tem de falar de forma concreta, por ser presidente de todos nós, e ter maior cuidado nos seus discurso, que para além de ser líder do MPLA também é presidente de todos os angolanos.

Álvaro Daniel, entende que o líder dos Camaradas na sua acusação, deve evocar os princípios e as leis que o seu partido tem transgredido, e acionar os mecanismos de Estado para se fazer respeitar.

Continue Reading
2 Comments

2 Comments

  1. Maurício Borges

    29/01/2022 at 4:00 pm

    Quem falou foi o João Lourenço presidente do MPLA.E não o João Lourenço presidente da República.-

  2. António Daniel Libermann

    31/01/2022 at 9:21 am

    Acho que o entrevistado não terá dito diferente. Independentemente de o discurso ter sido pronunciado nas vestes de Presidente da República ou do MPLA, o certo e reprovável, foi o facto de se ter deslocado para o Cuando Cubango, numa missão unicamente do seu partido, com o avião da Presidência da República.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas