Connect with us

eleições

UNITA propõe uma mudança para além dos limites partidários

Published

on

O Presidente da UNITA e candidato a presidente da República das eleições gerais de 24 de Agosto deste ano, Adalberto Costa Júnior, propôs que caso vença o pleito eleitoral, vai implementarmudanças que deverão estar além dos limites partidários, mas sim, uma mudança por Angola.

Adalberto Costa Júnior falava hoje, em Benguela, durante apresentação do manifesto eleitoral e programa de governo da UNITA para o quinquênio 2022/2027, em que prometeu “uma mudança que foi adiada durante os mais de 45 anos”.

Para o líder do Galo Negro, o sonho dos angolanos foi adiado por duas razões, por falta de visão política, por falta de vontade política e às vezes por falta inspiração ou de idéias claras sobre o futuro que nós queremos construir.

Por outro lado, o presidente da UNITA disse que a falta de dialogo permanente e abrangente nos espaços específicos e próprios onde ele deve ser realizado no contacto directo, onde se devem chamar todas as forças e todas as vozes diferenciadas deste país e ouvir a todos.

O líder da maior força política na oposição promete, por outro lado, uma Angola que esteja acima de qualquer força política quer seja a UNITA, MPLA e outras formações políticas se sobrepõem a nossa nação para realização de Angola.

Adalberto Costa Júnior prometeu ainda fazer a reforma de Estado e fazer também a reforma da administração partidária que é, na sua visão outra realidade que se verifica no actual executivo.

A UNITA na voz do seu presidente reiterou mais uma vez, a realização das eleições autárquicas, um ano depois, caso vença as eleições gerais de 24 de Agosto.