Connect with us

Politica

UNITA pede anulação do concurso na CNE

Redação

Published

on

O líder da UNITA defendeu ontem, em Luanda, a anulação do concurso público curricular que resultou, na designação de Manuel Pereira da Silva no cargo de presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

Adalberto Costa Júnior, que discursava na cerimónia de cumprimentos de ano novo do partido, afirmou que Manuel Pereira da Silva é “um cidadão contestado e envolto em polémicas” para uma tão distinta e sensível instituição como é a CNE.

Para o líder do maior partido da oposição, a designação de Manuel Pereira da Silva “é um péssimo indício perante os desafios de credibilidade e transparência dos processos eleitorais”, acrescentando que “o interesse público foi sufocado pelos interesses privados e de grupo”.

Na óptica de Adalberto Costa Júnior, isso obriga a uma anulação do concurso público conduzido pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial, em respeito ao Estado de Direito que se pretende edificar no país.

“Esperamos, do Titular do Poder Executivo, a anulação deste concurso”, afirmou.

Além de Manuel Pereira da Silva, que venceu com 87 pontos, participaram do concurso Sebastião Diogo Jorge Bessa, Agostinho António Santos e Avelino Yululu, que tiveram 61, 54 e 48 pontos, respectivamente.

 

C/JA

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (18)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (73)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (13)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania