Connect with us

Politica

UNITA no Lobito despejada da sua sede

Published

on

Por ordem do Tribunal Provincial de Comarca do Lobito, os militantes da UNITA foram despejados, nesta sexta-feira, 04, em consequência de uma suposta dívida que vem se arrastando há já algum tempo, entre aquele partido e o proprietário do imóvel onde encontra-se instalada a sede do “galo negro” no Lobito.

O despejo ocorreu na manhã de hoje, apanhando de surpresa a direcção da UNITA naquele município.

Contactado pelo Correio da Kianda, o secretário municipal adjunto da UNITA no Lobito, Paulo Sapalo, negou ter sido o despejo, em consequência de uma suposta dívida, adiantando não estar disponível para falar sobre o assunto via telefone.

“Não estávamos em condições de arrendatários, nós havíamos comprado a casa, e até naquela altura quem havia comprado a casa foi a UNITA renovada, no valor de 28 mil dólares, foi em 1998”, disse Paulo Sapalo, quando contactado pelo Correio da Kianda.

Paulo Sapalo acrescenta ter mãos dos seus adversários políticos, na execução dos despejos ocorridos nesta sexta-feira.

“Por accão dos nossos adversários políticos, hoje as coisas chegaram onde chegaram”, acusou, reforçando ter documentos que comprovam a sua afirmação.

Por: Dumbo António

Colunistas