Connect with us

Politica

UNITA nega encontro com a FLEC-FAC

Published

on

Em resposta ao comunicado convite que a FLEC enviou ao presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, para se deslocar a base central militar do grupo, o Galo Negro confirma ter contacto com o documento, que se tornou viral nas redes sociais, mas, segundo o Secretário Nacional de Comunicação e Marketing Evaldo Evangelista, a UNITA não recebeu oficialmente o convite.

Avançou, igualmente, que a visita do líder da oposição a Cabinda está direccionada à constatação da vida socioeconómica da província, as estruturas do partido e encontros com a sociedade civil.

Segundo o documento da FLEC a qual o Correio da Kianda teve acesso, o convite a ACJ tinha como “objectivo explicar aos militares daquele grupo a visão do Galo Negro a cerca da autonomia de Cabinda, a fim de estabelecer a comparação com o ponto de vista do MPLA”.

A nota refere também que, “o líder da UNITA aproveitaria a ocasião para ter uma percepção directa da situação militar e se inteirar do nível de organização das bases militares”, indica a nota da FLEC.

“A deslocação de Adalberto Costa Júnior visa também agradecer o povo de Cabinda pelos resultados alcançados naquela parcela do território”, disse Evaldo, e “reitera que não recebeu o convite”, questionando a paternidade do documento.

Acrescenta que “a UNITA está disponível ao diálogo com quem está a governar, entretanto, o MPLA tem estado a se furtar ao diálogo com todos os actores, mas, quanto ao caso Cabinda, requer um dialogo amplo com todas forcas vivas daquela província”, disse Evaldo.

ACJ cumpre agenda política em Cabinda

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.