Connect with us

Politica

UNITA insiste que nâo vai aceitar a tomada de posse do novo presidente da CNE

Redação

Published

on

UNITA insiste que nâo vai aceitar a tomada de posse do novo presidente da Comissão Nacional Eleitoral designado pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial afirmando que o processo de escolha foi marcado por graves irregularidades.

O Conselho Superior da Magistratura Judicial (CSMJ) de Angola elegeu Manuel Pereira da Silva “Maneco”, presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), em substituição de André da Silva Neto o que foi criticado pela oposição com acusações de corrupção.

O chefe da bancada parlamentar do Galo Negro Liberty Chiaka que falava aos jornalistas assegurou que o seu grupo parlamentar não vai aceitar a tomada de posse na próxima Quarta-Feira do novo presidente da CNE designado pelo CSMJ.

“Sendo o próprio poder judicial infelizmente nese caso o violador da nossa legalidade queremos acreditar que o presidente da república e a Assembleia Nacional não vão legitimar um processo corrompido, viciado”, disse.

“Se isto não acontecer aí então vamos acionar a cidadania para defender os interesses da colectividade em detrimento de interesses de grupos, não vamos aceitar”, acrescentou.

Segundo Liberty Chiaka tanto o seu grupo como o da CASA e do PRS não concordam com a tomada de posse do designado presidente da CNE na próxima Quarta-feira dia 19.

“O nosso grupo parlamentar, o presidente do grupo parlamentar da CASA e do PRS votamos contra a agenda por incluir a tomada de posse do candidato designado pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial”, disse.

 

C/VOA

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *