Connect with us

Politica

UNITA e MPLA reconhecem falta de desenvolvimento do Cuanza Norte

Published

on

Os partidos políticos UNITA e MPLA reconheceram, no último fim-de-semana, haver um baixo nível de desenvolvimento da província do Cuanza Norte, em todos os domínios.

Para a UNITA, a província do “Cuanza Norte não tem rumo” e “é igual à governação do MPLA, toda ela complexa e fora da moda”, fazendo com que o desenvolvimento da província esteja estagnado.

“O desenvolvimento sócio-económico da província vai de mal à pior, a população não sabe o que comer, afirmou o segundo secretário provincial da UNITA no Cuanza Norte, acrescentando que em 2027 a alternância seja um facto, pois a “juventude está ávida pela alternância”.

Em resposta as declarações do político do galo negro, o primeiro secretário Nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, respondeu afirmando que a juventude deve fazer parte da solução e não dos problemas da província.

“Estamos aqui hoje, comprometidos com o desenvolvimento do Cuanza Norte e é isso que deve continuar a nos unir, porque é com esta unidade que vamos vencer todos os problemas que infelizmente ainda residem no nosso seio”, referiu.

O líder da juventude do partido que sustenta o governo, prometeu advogar junto do governo e do presidente da República, João Lourenço, “porque de facto entendemos que a província do Cuanza Norte carece e precisa de uma especial atenção em todos os domínios”.