Connect with us

Politica

UNITA desmente cancelamento da manifestação de amanhã

Published

on

O secretário do “governo sombra” da UNITA, Joaquim Nafoia, em declarações ao Correio da Kianda, disse ser falsa a nota que circula nas redes sociais, que informa um possível cancelamento da manifestação deste sábado, 24.

De acordo com dirigente partidário, o falso comunicado seria “proveniente dos serviços de segurança do Estado, com objectivo de confundir a opinião pública e inviabilizar a realização dos protestos”.

A nota considerada como falsa pelo dirigente da UNITA, diz que numa decisão conjunta entre o Comité Permanente da Comissão Política, o secretariado do “galo negro” em Luanda e o seu braço juvenil, JURA, a UNITA estaria a cancelar a manifestação devido as restrições impostas pela pandemia de covid-19 e por ser um acto de alto risco, tendo em conta a multiplicação de casos

Para Nafoia, tal nota está cheia de incongruência, sublinhando que, primeiro, segundo o político, “a UNITA nunca irá incentivar os seus militantes a enaltecerem as políticas erradas do Governo” e, em segundo, o mais importante é que na estrutura do maior partido na oposição não há “primeiro secretário”, detalhes que confirmam a  não veracidade do documento.

O também deputado reconfirmou que a UNITA irá participar na manifestação convocada pela sociedade civil amanhã.

Comunicado

A nota oficial do secretariado Executivo do Comité Permanente da UNITA, divulgada nesta sexta-feira, 23, denuncia também a existência da falsa nota que circula nas redes sociais, reafirmando, igualmente, que “é de proveniência dos serviços de segurança do Estado, para atacar contra o direito à manifestação”.

No mesmo comunicado, a UNITA diz que essa atitude dos órgãos de Estados “é o culminar de uma campanha de fake news, intrigas e calúnias contra a direcção desse partido nas redes sociais, envolvendo entidade do Governo”.

UNITA e Movimento Revolucionário manifestam-se neste sábado em Luanda