Conecte-se agora

Justiça

Zenú dos Santos e Jean Claude Libertados

Vasco da Gama

Publicados

on

- zenu - Zenú dos Santos e Jean Claude Libertados

José Filomeno dos Santos “Zenú”, filho de José Eduardo dos Santos, ex-presidente da República de Angola e do MPLA, e Jean Claude Bastos de Morais, que esteve em prisão preventiva, como medida de coação pessoal, no âmbito do processo-crime em que é suspeito de gestão danosa no Fundo Soberano de Angola estão em liberdade desde ao meio da tarde desta sexta feira.

O antigo presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola (FSDEA), tinha sido detido, preventivamente, no dia 24 de Setembro de 2018, em Luanda, por suspeitas de envolvimento em associação criminosa, recebimento indevido de vantagem, corrupção e participação económica em negócio.
Além do filho do antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, foi detido, também, na altura, pelas mesmas razões, o seu sócio, Jean Claude Bastos de Morais.

Recorde-se que além do processo referente a actos de gestão do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos responde a outro processo referente à burla de USD 500.000.000, este último já remetido ao Tribunal Supremo.

Em causa está autorização de uma transferência de USD 500 milhões de Angola para o Reino Unido, como parte da criação de um avultado fundo de investimento estratégico para o país, na ordem dos 30 mil milhões de dólares.

A nossa fonte, refere que a  liberdade de Jean-Claude Bastos de Morais, resulta de um acordo com  as autoridades angolanas que visa recuperar parte de valores do Fundo Soberano, que se encontravam na conta da Quantum Global.

Esta decisão das autoridades, surge depois de governo liderado pelo João Lourenço,  ter perdido a batalha judicial em Londres, num processo contra Jean Claude de Morais em que se previa recuperar mais de 3 bilhões de dólares americanos do Fundo Soberano de Angola que se encontravam sob gestão da sua empresa Quantum Global.

Segundo apurou o Correio da Kianda, a prisão preventiva foi levantada esta manhã e ambos poderão abandonar a cadeia de São Paulo a qualquer momento ainda esta sexta-feira, porquanto o procurador da causa terá já assinado o respectivo mandado de soltura.
Consta, de igual modo, que Jean Claude Bastos de Morais, sócio de Zenú dos Santos poderá sair de Angola ainda esta tarde com um jato privado da companhia aérea BestFly.

Por conseguinte, o Ministério Público de Angola, decidiu não mais prosseguir criminalmente contra o empresário Jean Claude de Morais Bastos e Zenú dos Santos, tendo lhes sido restituída a liberdade.

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (240)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (13)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (14)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (60)

Jornalista

Victor Hugo Mendes
Victor Hugo Mendes (9)

Jornalista e Escritor

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação