Connect with us

Mundo

Ucrânia e Rússia fazem troca de 120 prisioneiros

Published

on

A Ucrânia e a Rússia trocaram, esta terça-feira, 06, 120 prisioneiros. Cada facção entregou 60 indivíduos.

A troca ocorreu no Dia das Forças Armadas da Ucrânia e, segundo as autoridades de Kiev, entre os ucranianos libertados estavam alguns dos defensores de Azovstal, em Mariupol.

A troca foi no rescaldo de mais bombardeamentos russos, o que levou o chefe da diplomacia ucraniana a apelar, mais uma vez, ao Ocidente.

“Hoje em dia, é especialmente crítico ajudar a Ucrânia a defender-se contra os ataques de mísseis russos. Não há necessidade de procurar desculpas e adiar decisões chave. É tempo de fechar o céu sobre a Ucrânia, fazê-lo com a ajuda de sistemas de defesa aérea, que devem chegar à Ucrânia em quantidade suficiente”, pede Dmytro Kuleba.

Entretanto, o Kremlin acusou as forças de Kiev de atacarem a cidade de Donetsk, anunciando a morte de seis civis, onde se inclui uma deputada da autoproclamada República Popular de Donetsk.
Segundo os “media” russos, a cidade terá sido bombardeada três vezes esta terça-feira.