Connect with us

Mundo

Ucrânia demite vice-ministra da Defesa nomeada há duas semanas

Published

on

O Governo da Ucrânia anunciou ontem, segunda-feira, que demitiu a vice-ministra da Defesa, Hanna Maliar, e outros cinco ministros-adjuntos.

Na nota informativa, o governo não apresentou as razões para a demissão da demissão da governante, nomeada há duas semanas.

Em cerca de duas semanas, a pasta da Defesa do Governo ucraniano tem sofrido alterações.

No início do mês, Rustem Umerov foi nomeado ministro, após a demissão de Oleksi Reznikov.
Há duas semanas, em plena guerra, Kiev nomeou Rustem Umerov, um proeminente líder da comunidade tártara da Crimeia de 41 anos, como ministro da Defesa, após Oleksi Reznikov apresentar a demissão.

A substituição de Reznikov por Umerov foi proposta pelo Presidente Volodymyr Zelensky, que alegou que o Ministério precisava “de novas abordagens e novas formas de interagir com o Exército, bem como com a sociedade civil em geral”.

Recentemente, vieram a público vários escândalos de corrupção no país, um dos quais envolvia directamente Reznikov, relativamente a um contrato de fornecimento de material militar assinado com uma empresa turca.

Colunistas