Connect with us

Mundo

Trump diz que relações dos EUA com a China estão “severamente danificadas”

Redação

Published

on

Durante a viagem realizada nesta sexta-feira, 10, para um comício na Flórida, EUA, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump insistiu que a China “poderia ter parado” a pandemia da Covid-19, mas que “não o quis fazer”, reconhecendo que as relações entre os Estados Unidos e aquele país asiático estão “severamente danificadas” depois desta crise.

Questionado pelos jornalistas sobre se haveria uma ‘Fase Dois’ do acordo comercial com a China, Trump respondeu que ainda não tinha pensado no assunto.

“Sinceramente, tenho outras coisas em que pensar”, disse o presidente, que nas últimas semanas chegou mesmo a ameaçar cortar todas as relações diplomáticas entre Washington e Pequim.

A Fase Um do acordo comercial também ainda não está totalmente cumprida, já que ficou dependente da compra, por parte da China, de um elevado valor em importações de produtos norte-americanos, nomeadamente agrícolas, o que ainda não aconteceu.

Por sua vez, Pequim não reconhece qualquer falha nos compromissos com os Estados Unidos e, esta semana, o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, apelou a uma reconciliação entre os dois países, propondo a elaboração de uma lista de questões em disputa, para que seja encontrada uma solução diplomática.

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (74)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania