Connect with us

Mundo

Trump anuncia morte do chefe do Estado Islâmico al-Baghdadi: “Morreu como um cão, um cobarde.”

Redação

Published

on

trump anuncia morte do chefe do estado islâmico al-baghdadi: "morreu como um cão, um cobarde." - 15 31 14 p077tgyq - Trump anuncia morte do chefe do Estado Islâmico al-Baghdadi: “Morreu como um cão, um cobarde.”

“Na noite passada, os Estados Unidos levaram o líder terrorista número um do mundo à justiça”, anunciou Trump na Casa Branca neste domingo.

“Não tivemos baixas nesta operação”, mas um grande número de combatentes de Baghdadi foram mortos, anunciou o presidente Trump no domingo pela Casa Branca.

Trump disse que o líder do Estado Islâmico estava escondendo um túnel a tentar fugir, “choramingando, chorando e gritando por todo o caminho”. Trump disse que Baghdadi activou o seu colete suicida, matando também três crianças.

Relatos da imprensa incidam que a missão na província de Idlib, na Síria, incluíu helicópteros, caças e drones .

Em julho, um relatório da ONU alertou que os líderes seniores do Estado Islâmico “estão entre os que chegaram à área de Idlib”.

A morte de Baghdadi fora anunciada erroneamente várias vezes.

A sua última mensagem de áudio supostamente foi lançada em setembro, na qual prometia que a guerra contra os Estados Unidos e seus aliados estava longe de terminar.

A voz, supostamente a de Baghdadi, disse aos apoiantes durante a gravação de áudio de mais de 30 minutos que os Estados Unidos “estão agora a afogar-se no atoleiro” do Iraque e do Afeganistão, acrescentando que Washington não tinha poder para ajudar os seus aliados na região e ao redor do mundo.

“Ele não pode mais fazer nada além de falar no vazio e falsas promessas aos seus parceiros”, dizia a voz, segundo uma tradução do SITE Intelligence Group.

“A roda do atrito está a funcionar suavemente pela graça de Allah, diariamente e em diferentes frentes”, acrescentou a voz.

Desde 2016, os Estados Unidos tem vindo a oferecer uma recompensa de até 25 milhões de dolares por informações que ajudassem a levar Baghdadi à justiça. Apenas uma outra pessoa, o líder da Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, tem uma recompensa tão alta.

Em março de 2014, a esposa de Baghdadi foi libertada por militantes da Frente Al-Nusra, ligados à Al Qaeda, juntamente com os seus dois filhos e filha, em troca de 13 freiras mantidas em cativeiro por esse grupo. Foi relatado que apenas a menina era filha de Baghdadi. Os dois meninos eram filhos de um homem com quem sua esposa, Sujidah al-Dulaimi, se casara antes de o conhecer.

Baghdadi nasceu em 1971 em Samarra, Iraque. Ele foi capturado pelas forças americanas e mantido em Camp Bucca, ao longo da fronteira Iraque-Kuwait, em algum momento entre 2003 e 2009, antes de ser libertado.

Em 2014, declarou a criação do “califado” do Estado Islâmico na Síria e no Iraque e declarou-se califa.

O próprio EI rapidamente invadiu grande parte do Iraque e da Síria e, no seu auge, pode ter controlado até 40% do Iraque.

Em junho de 2017, o governo iraquiano declarou vitória sobre o EI na cidade de Mosul. O primeiro-ministro iraquiano Haider al Abadi declarou vitória completa sobre o grupo militante em dezembro de 2017.

Em março de 2019, as forças das Forças de Defesa da Síria apoiadas pelos Estados Unidos anunciavam a libertação de Baghuz, o último território do EI na Síria.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (71)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação