Connect with us

Destaque

Trocas comerciais entre Angola e França caem para metade em 2016

Published

on

As trocas comerciais entre Angola e França cifraram-se nos mil milhões de dólares (937 milhões de euros) em 2016, uma diminuição de 50 por cento devido à crise económica que o país africano enfrenta, disse hoje fonte oficial.

O embaixador de França em Angola, Sylvain Itté, referiu, no final da audiência concedida pelo vice-Presidente, Manuel Vicente, que cerca de 80% do resultado das trocas comerciais entre os dois países, em 2016, foi positivo para Angola, salientando que as exportações de petróleo angolano para França se mantiveram ao mesmo nível, apesar da quebra na cotação internacional do barril de crude.

O diplomata francês sublinhou que a França está muito envolvida na relação económica com Angola, sendo o terceiro investidor estrangeiro no país, salientando que “a Total é um grande ator na economia angolana”.

“Tenho algumas instruções do meu Governo sobre grandes assuntos da nossa cooperação, tive a oportunidade de conversar e dialogar com o vice-Presidente sobre esses grandes eixos de cooperação entre os nossos países, principalmente cooperação económica”, referiu.

Segundo o embaixador francês, dentro da cooperação económica, o sector agrícola e agroalimentar “são ricos”, tendo sido proposto o reforço nos domínios agroindustrial, com a formação de quadros, pesquisas e investigação científica.

O diplomata acrescentou que os dois governos estão a trabalhar para o estabelecimento de acordos na área do turismo e da tributação.

“As administrações fiscais estão a discutir agora para impedir uma dupla tributação das empresas, são um conjunto de acordos, de medidas, que deveriam permitir melhorar também o clima de negócios e a possibilidade de tanto os franceses como os angolanos investirem em ambos países”, disse.

 

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas