Connect with us

Justiça

Tribunal Supremo prorroga prisão preventiva de “Zenu”

O Tribunal Supremo decidiu prorrogar o prazo de prisão preventiva de José Filomeno dos Santos “Zenu”, pelo facto de o prazo de 45 dias estabelecidos por Lei ter expirado.

Published

on

O advogado de defesa do arguido, Benja Satula, pretendia que o seu constituinte saísse em liberdade, mas o Tribunal Supremo entendeu alargar para mais 25 dias.

A notificação dirigida ao advogado de defesa indica que “o prazo será alargado para mais 25 dias renováveis em virtude de não ter sido concluído o processo, para que transitasse em julgado”.

O antigo presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola (FDSEA) está em prisão preventiva desde 24 de Setembro, pelo seu envolvimento numa alegada transferência ilícita de 500 milhões de dólares e má gestão do fundo, em que também está envolvido o empresário suíço-angolano Jean-Claude Bastos de Morais, sócio de José Filomeno dos Santos em vários negócios.

JA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *