Connect with us

Justiça

Tribunal Supremo arquiva processo que envolve General Nunda

Published

on

A Câmara Criminal do Tribunal Supremo, decidiu arquivar o processo-crime que envolve o ex-Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), Geral Sachipengo Nunda. Geraldo Nunda estava a ser acusado de quatro crimes: associação criminosa, tráfico de influências, abuso de poder e cumplicidade na tentativa de burla.

“O Tribunal não vislumbrou, quer na peça acusatória quer em sede de instrução contraditória, assim como na revista à sequencia de factos em que se viu envolvido por inerência das funções que exercia a altura, indícios que configurassem quaisquer infrações penais pelo que consequência disso prolatou-se o arquivamento definitivos dos autos, nos termos conjugados dos art.º 367º e 343º do Codigo do processo penal”. Lê se no comunicado do Tribunal Supremo, que o Correio da Kianda teve acesso.

Em actualização