Connect with us

Sociedade

Tribunal decide hoje sentença dos 24 envolvidos na vandalização do Comité do MPLA

Published

on

Decorre esta quinta-feira, 29, a sessão de apresentação dos quesitos provados e não provados pelo Tribunal contra os 24 réus acusados de actos de vandalismo, destruição de bens públicos e a queima do autocarro do Ministério da Saúde, bem como a vandalização e destruição do Comité do MPLA do Distrito Urbano do Benfica, no município de Talatona, no dia 10 de Janeiro de 2022.

“Depois da leitura e apresentação dos quesitos, o Tribunal decidirá se apresenta no mesmo dia o Acórdão/Sentença final do Processo ou agendará outro dia para o efeito”, informa o comunicado do Comité Provincial de Luanda do MPLA, ao qual o Correio da Kianda teve acesso.

Os jovens respondem pelos crimes de danos com violência, ofensas simples, associação criminosa, incêndio e explosão, furto qualificado, ameaças, instigação pública, desobediência, atentado contra a segurança dos transportes e participação em motim.

Com isso, os jovens podem receber uma pena que vai de 8 a 12 anos de prisão, informou o advogado de acusação, Avelino Pedro.

Contudo, os advogados de defesa mantém-se esperançosos e continuam a defender que os jovens poderão ficar livres por insuficiência de provas, apontando que a acusação violou o princípio da pessoalidade.

Colunistas