Connect with us

Mundo

Tribunal de Kinshasa concede liberdade a político acusado de associação ao M23

Published

on

O Tribunal Militar de Kinshasa, na República Democrática do Congo, concedeu a liberdade provisória a Salomon Kalonda, conselheiro especial do opositor político Moïse Katumbi, durante a sua audiência nesta quarta-feira, na prisão militar de Ndolo.

O tribunal alegou razões humanitárias e permitir que o deputado provincial eleito de Maniema procure tratamento. A medida surge depois de vários pedidos de liberdade provisória dos advogados, e de defensores dos direitos humanos e do partido de Salomon, Juntos pela República.

O julgamento deu início no dia 17 de Agosto depois de ser detido em Julho de 2023, acusado por suposto envolvimento em actos de rebelião com o M23 contra o Estado.

Segundo a sua defesa, estão em andamento negociações para obter a sua evacuação com vistas a receber os devidos cuidados no exterior.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *