Connect with us

Angola que dá certo

Torneio de Golfe Solidário apoia digitalização da educação

Published

on

Com a finalidade de juntar intenções, atitudes para promover o desenvolvimento das comunidades e garantir um maior envolvimento de todos no apoio e intervenção socioeducativa, a Paratus Angola organizou no dia 1 de Outubro, no Mangais Golf Resort, a 9ª edição do Torneio de Golfe Solidário. As doações dos participantes e patrocinadores destinam-se a apoiar o sector educativo angolano.

Depois de dois anos de interrupção devido à pandemia da COVID 19,  a Paratus, que actua em Angola há 20 anos com o nome ITA, organizou neste sábado, em Luanda, o 9º Torneio de Golfe Solidário. O projecto integra-se na estratégia de Responsabilidade Social Corporativa da Paratus Angola, com vista no desenvolvimento anual de projectos que produzam resultados positivos à comunidade na qual está inserida.

A 9ª edição do torneio, contou com a participação de 25 equipas e um total de 100 jogadores em campo, um recorde de participantes, que se solidarizaram com a causa, uma vez que os valores referentes de cada inscrição pago por cada equipa reverterá integralmente para o projecto de digitalização do sistema de ensino em Angola.

Além dos jogadores, a acção social contou com o apoio de patrocinadores como a Fidelidade Seguros, seguradora oficial do torneio, Saudabel, Omnisaúde, Sociedade Mineira do Lulo, MCSA Energy, que além de apoiar dinamizaram o torneio, com activações de marca e Responsabilidade Social.

Segundo Francisco Pinto leite, Director Geral da Paratus Angola “Somos uma organização socialmente responsável. Somo uma empresa de tecnologias e queremos ligar África e o mundo através de uma rede de excelência. Neste sentido, continuamos parceiros do Ministério da Educação, para a criação de condições tecnológicas no sector educativo”.

Desta forma, continua “Agradecemos a aderência e envolvimento de todos. O nosso torneio tem uma índole social, a todos os parceiros e patrocinadores, o nosso muito obrigado por aderir e apoiar. Nesta edição conseguimos um recorde nos fundos recolhidos, e isso demonstra que apesar do interregno de dois anos, continuamos no caminho certo”.

No final do almoço de gala, o representante do Ministério da Educação, Ngola António, anunciou as escolas beneficiadas no âmbito da iniciativa, agradeceu.

“Como educadores agradecemos a Paratus pelo respeito a educação. O mundo hoje está mais tecnológico, e ajudar as nossas escolas a entrar na inclusão digital e aumentar a literacia digital, deixamos orgulhoso e felizes, por ter parceiros como a Paratus. Agradecemos por tudo”, disse.

 A Paratus Angola conta com uma parceria tecnológica com a entidade de tutela do sector educativo.

Como uma empresa de tecnologias, continuarão a apostar na inclusão digital, ao fornecer Internet e bolsas de estudo. Nesta edição foram escolhidas duas escolas do ensino Primário, na Huíla e Namibe, províncias com operação local Paratus, onde se comprometem a prestar o devido apoio e suporte tecnológico, para garantir a continuidade do bom funcionamento das salas, assim como implementar outros recursos que dispõem.

“Vamos continuar até onde conseguirmos implementar a inclusão digital e aumentar a literacia digital da nossa sociedade”, afirma Francisco Pinto leite.

Nesta edição além do torneio de Golfe, foram leiloados uma garrafa de Vinho Vintage oferecida pela Sogrape e uma obra de arte de artista angolano, intitulada O Golfista.

Sobre a Paratus

Paratus é a rede de qualidade de África. De olho no futuro, o investimento do grupo sublinha o seu compromisso a longo prazo de transformar África através de infra-estruturas digitais e atendimento ao cliente excepcionais. A Paratus é gerida por uma equipa operacional apaixonada e profissional em 7 países africanos – Angola, África do Sul, Botswana, Moçambique, Namíbia, RDC e Zâmbia. A rede alargada da empresa fornece em mais de 37 países africanos um serviço centrado na conectividade por satélite com clientes em todo o continente. Esta conexão liga empresas africanas e proporciona um serviço de excelência de ponta-a-ponta. A presença do grupo estende-se além de África até aos PoPs internacionais (pontos de presença) na Europa, no Reino Unido e nos EUA.

Nascida e criada em África, a Paratus pensa em grande, à medida que aumenta a sua presença para fornecer a rede de qualidade no continente. Ao compreender as oportunidades únicas que África oferece a empresas e indivíduos para quebrar barreiras e conectar-se sem limites, a Paratus está empenhada em elevar a fasquia para fornecer conectividade de qualidade em África.