Connect with us

Politica

Tômbwa precisa de cem milhões de kwanzas para mitigar efeitos da seca

Published

on

O administrador do Tômbwa, Alexandre Niyúka, avançou que o município precisa de mais de cem milhões de kwanzas para mitigar os efeitos da seca e a crise alimentar que se regista nesta região da província do Namibe.

Alexandre Niyúka, que falava no final de uma reunião conjunta entre o governo provincial e a administração municipal, nesta terça-feira, 26, adiantou que para a retenção de água para a prática da agricultura, prevê-se a construção de uma barragem sobre o rio Curoca, zona do Salojamba.

“Há um programa de âmbito nacional e o Tômbwa vai ser contemplado com a construção de uma barragem no rio Curoca, zona do Salojamba, para a retenção de água. Estes são alguns projectos que vão permitir fomentar a agricultura nas zonas afectadas pela seca envolvendo a população”, frisou.

Alexandre Niyúka acrescentou que as autoridades locais estão a engajar a população a praticar a agricultura para o auto-sustento.

“No ano passado construímos alguns sistemas de água e estão a funcionar, vamos aumentar a capacidade de produção e armazenamento de água. Estamos a engajar a população a praticar a agricultura para combater a fome”, disse.

O município do Tômbwa tem uma superfície territorial de 18.019 quilómetros quadrados, o município dista a 93 quilómetros da sede provincial do Namibe e conta com as comunas do Yona e Baía dos Tigres. Tem uma população estimada em 54.873 habitantes que se dedica, principalmente, à pesca e agricultura de subsistência familiar.