Connect with us

Sociedade

Tomasz Dowbor esclarece venda das residência

Published

on

O empresário de origem polaca e de nacionalidade angolana, Tomasz Dowbor, PCA do Grupo Boa Vida, esclareceu a comercialização das residências.

Tomasz Dowbor, disse em trevista ao Correio da Kianda, que Adílson Fonseca fez  alguns pagamentos que totalizaram o montante global de USD 287.493,49, mas não concluiu os termos dos acordo. por esse motivo venderam a residência  para outra pessoa.

 

Tomasz Dowbor explica que propos um acordo para esclarecimento,  visto que o jovem nao tinha condições para pagar a casa. “Isso não passa de uma grande mentira ”, disse o empresario.

“Aproveitaram a pandemia para procederem a referida venda sem eu ter sido notificado antes e sem terem rescindido o contrato de comum acordo”, acusou.

O cidadão afirma tratar-se de uma burla, de acordo com os factos apresentados. O mesmo também avançou que o irmão de Tomazs apresentou documentos que comprovam que o lesado concordou em trocar de casa, que lhe permitiram vender a mesma residência para outra pessoa.

Adílson alerta que está a ser pressionado por Tomasz Dowbor em aceitar um acordo para encobrir a fraude de seu irmão “o que demonstra a atitude ardilosa do sr. Tomasz Dowbor de me afastar da casa pelo nível de dificuldade que colocou e, assim, isentar o seu irmão da burla e encerrar o assunto pela pressão que fez onde apenas eu devia aceitar as suas imposições”.

Colunistas