Connect with us

Mundo

Tiroteio em Paris faz três mortos e deixa feridos

Published

on

Pelo menos três pessoas morreram e outras três ficaram feridas, uma das quais com gravidade, esta sexta-feira, 23, durante um tiroteio num bairro central de Paris, em França.

As primeiras informações sobre o tiroteio, divulgadas pelo jornal Le Figaro, revelam que a acção ocorreu na rua de Enghien, no 10.º Bairro parisiense, perto do Centro Cultural Curdo Ahmet-Kaya, no centro da capital francesa.

O atirador, de acordo com as autoridades francesas, já foi detido. Apesar disso, a polícia pede a todos que se mantenham longe da Rue d’Enghien, onde ocorreu o incidente.

Segundo o Le Figaro, o suspeito, de 69 anos e nacionalidade francesa, já tinha sido acusado de duas tentativas de homicídio, a primeira em 2016 e a segunda em 2021. Tudo aponta para que o crime cometido hoje tenha motivações “racistas”.

À AFP, um lojista disse que ouviram “sete a oito tiros na rua” e que foi o “pânico total”. “Sete a oito tiros na rua, foi o pânico total, ficamos trancados lá dentro [da loja]”, disse à agência noticiosa um lojista de um prédio vizinho que pediu anonimato.

O vice-presidente da Câmara de Paris, Emmanuel Grégoire, já agradeceu à polícia a sua “intervenção rápida” e lamentou o sucedido no Twitter. A autarquia está agora a tentar entender o que aconteceu.

Também nas redes sociais, a polícia francesa pediu aos parisienses que “evitem passar pelo setor” abrangido pelo tiroteio, de forma a, também permitir a intervenção dos serviços de socorro e de emergência no bairro que engloba o Grand Rex e a Porta de Saint-Denis, citado pelo Noticias ao Minutos.