Connect with us

Politica

“Tenho muita pena da oposição por não conseguir impor-se contra composição da CNE”, diz Ex presidente da CASA-CE

Published

on

O ex-presidente da CASA-CE, André Gaspar Mendes de Carvalho (Miau), lamentou ontem, em entrevista a uma estação radiofônica em Luanda, actual composição da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), tendo sublinhado que não participaria para as eleições gerais agendadas para Agosto próximo, com actual composição em o partido no poder (MPLA) detém maior representatividade em detrimento da oposição.

O deputado a Assembleia Nacional lamenta a vontade das forças política na oposição em participar numa eleição, que no seu entender, partem em desvantagem numérica, pelo facto de não conseguirem impor-se.

“Não é possível que um grupo que resulta de uma eleição passada, determina a realização das eleições”,afirmou, acrescentando que o MPLA tem maior número de comissários do que a oposição, e por isso serão eles que irão definir a regra do jogo.

O político entende que os membros da CNE devem ser independente e a sua representatividade deve ser igualitária circunstancial.

André Mendes de Carvalho não vê com bons olhos a realização da próximas eleições gerais no pais. “Tenho muita pena que a oposição não consegue se impor com actual composição da CNE”, disse.

O político fala ainda da não participação ao pleito eleitoral. “Minha maneira de ver, preferia não participar nas eleições, do que realizar-se em condições que não satisfazem os concorrentes.

Miau disse também que foi expulso da CASA-CE por ter insistindo na transformação da coligação em partido político. Entretento, um ano depois da sua saída da actual terceira maior força política no país, acredita que a coligação que liderou por quase dois anos, terá bom resultado nas eleições de Agosto próximo.