Connect with us

Mundo

Televisão gabonesa suspende apresentadora por lapso sobre morte do presidente Bongo

Published

on

Uma apresentadora da Gabon Television, Wivine Ovandong, foi suspensa da estação após ter anunciado por erro a morte do presidente Ali Bongo Ondimba, que ela confundiu com o pai do estadista e predecessor, Omar Bongo Ondimba, noticia a AFP.

A falha ocorreu na edição do telejornal de 23h00, no dia do oitavo aniversário da morte de ex-presidente Omar Bongo Ondimba, que faleceu a 8 de Junho de 2009, em Barcelona.   

“O presidente da República, Ali Bongo Ondimba, faleceu em Barcelona na Espanha”, disse a apresentadora ao ler as notas. Ela depois acrescentou que “no quadro das celebrações do oitavo aniversário da sua morte”, uma missa da acção de graças vai ser realizada no dia seguinte.        

Por causa deste lapso, a apresentadora foi suspensa de ler o noticiário da televisão, a título de prevenção, disse à AFP, o director-geral da Gabon Television, Mathieu Koumba.

O director acrescentou que ela deve ser protegida, porque as redes sociais exaltaram a sua satisfação com a falsa notícia.

Koumba interveio sexta-feira no jornal de 13h00 da Gabon Television em defesa da sua jornalista, acrescentando que a sua estação apresentou desculpas ao presidente Ali Bongo Ondimba e à toda sua família.

Sublinha que o seu órgão está a examinar sanção interna que lhe será aplicada a jornalista.

Enfatizou tratar-se de um lapso que pode acontecer em qualquer parte do mundo, mas aqui há uma grosseria porque ela fez uma confusão com o chefe de Estado actual com o seu predecessor.

A jornalista, Wivine Ovandong, está a apresentar há poucos dias o jornal televisivo, após vários anos como repórter no terreno.

Em Maio deste ano, no vizinho Camarões, uma  jornalista da televisão do Estado tinha anunciado um falso novo Governo em França, justamente após a eleição de  Emmanuel Macron, como por exemplo François Bayrou para ministro dos Negócios Estrangeiros ou a manutenção de Jean-Yves Le Drian para titular da  Defesa.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *