Connect with us

Sociedade

TCUL nega informações sobre supostos despedimentos de funcionários grevistas

Published

on

Num comunicado enviado ao Correio da Kianda, a empresa Transportes Colectivos Urbanos de Luanda (TCUL) nega que haja na empresa uma onda de despedimentos ou despromoção contra funcionários que terão participado da greve ocorrida em Abril deste ano.

De acordo com o documento, as informações que têm sido veiculadas por diversos órgãos de comunicação social não condizem, por estarem a ser divulgadas “por entidades estranhas” a empresa, pelo que considera o Bureau Sindical do Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários Afins de Luanda, como a mais indicada para se pronunciar em representação dos trabalhadores da TCUL.

Entretanto, esclarece que “a TCUL – EP tem instaurado mensalmente processos disciplinares contra trabalhadores que contraem faltas ao trabalho sem as devidas justificações de forma recorrente, causando prejuízo na produção da empresa”. Medidas que, segundo o documento, têm respaldo no artigo 46 da Lei nº 7/15 de 15 de Junho da Lei Geral do Trabalho.

Acrescenta ainda que “a referida lei garante ao trabalhador que se sinta injustiçado por parte do empregador, faça o uso do direito” dos recursos legais através dos artigos 56º e 174º da Lei Geral do Trabalho.

Lembrar que as informações que têm vindo a ser veiculadas sobre despedimentos e despromoção de funcionários surgem depois da greve através da qual os trabalhadores que aderiram, exigiam melhores condições de trabalho e aumentos salariais.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (17)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (89)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania