Connect with us

Sociedade

Taxistas na Huíla ponderam nova paralisação do serviço de táxi

Published

on

A intenção surge após o anúncio na segunda-feira, 31, pelo Ministério dos Transportes sobre a redução do preço de 200 para 150 kwanzas a corrida.

Mateus Tchiseque opera na rota Arco-Íris – Mutundo e disse esta quarta-feira, 03,  à Rádio Correio da Kianda, que esta medida vai prejudicar o seu rendimento, sendo que até ao momento não tem em posse o cartão de subvenção a gasolina.

João Mande, outro taxista, disse que se o preço do táxi baixar de 200 para 150 kwanzas paralisará a actividade.

Segundo o presidente da Associação Nova Aliança dos Taxistas de Angola (ANATA), Benedito Nonato, a medida de alteração do preço de táxi de 200 para 150kz deve vigorar apenas quando 98% dos taxistas obtiverem o cartão de subvenção a gasolina, facto que ainda não se verifica.

O responsável acrescenta que o preço de 150kz estabelecido pelo Ministério de tutela, não cobre as dispensas decorrentes da actividade.

A província da Huíla conta com cerca de 30 mil operadores de táxi entre taxistas e mototaxistas.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *