Connect with us

Mundo

Tailandeses com esperança de encontrar 12 crianças e treinador desaparecidos em gruta

Published

on

Operações de socorro transmitidas em direto na televisão, canções de homenagem, os tailandeses não querem desistir das 12 crianças e jovens e treinador presos há nove dias numa gruta inundada, mesmo que nunca se tenha conseguido estabelecer qualquer contacto.

Os mergulhadores nunca tinham estado tão perto da câmara subterrânea inundada como hoje, pelo que as esperanças se renovaram.

Na escola de Mae Sai Prasitsart, frequentada por seis das crianças, foi organizada uma cerimónia na esperança de “boas notícias”.

“Rezo todas as noites para que as 13 vidas sejam salvas. Esperamos receber boas notícias”, disse Jakkrit Muenghong, um dos professores, à AFP.

“Cantamos, rezamos e enviamos o nosso apoio para lhes dar força até que a ajuda chegue”, acrescentou o director da escola, Kanet Pongsuwan.

Os 12 rapazes com idades entre os 11 e os 16 anos e o seu treinador de 25 anos entraram numa gruta na província de Chiang Rai no final da tarde de sábado, 23 de Junho. Segundo o testemunho de uma mãe, o filho não regressou após o jogo de treino, desencadeando a busca.

O complexo de grutas estende-se ao longo de quilómetros de câmaras amplas e passagens estreitas com afloramentos rochosos e vários desníveis.

A subida das águas na noite de segunda-feira frustrou os esforços de entrar mais fundo na caverna. As autoridades têm esperança que os rapazes tenham encontrado um espaço seguro que os mantenha longe das inundações.

Junto da entrada da caverna encontram-se bicicletas, mochilas e chuteiras de futebol que os rapazes deixaram para trás na entrada.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *