Connect with us

TRANSPORTES

TAAG volta a ligar Luanda a Havana a partir de Novembro

Published

on

A TAAG- Linhas Aéreas de Angola anunciou, esta sexta-feira, em Luanda, a retoma dos voos para a cidade de Havana, capital cubana, a partir de Novembro do ano em curso, depois de um período de interrupção, por conta da Pandemia da Covi

Através de uma nota distribuida hoje à imprensa, a companhia aérea nacional de bandeira adianta que a retoma dos voos para a cidade cubana de Havana surge no seguimento da avaliação positiva do ‘business case’ das rotas intercontinentais (Américas e Europa).

De acordo com a empresa, a rota Luanda/Havana tinha sido descontinuada no período da pandemia e estão reunidas as condições para a retoma de conexão entre Angola e Cuba, dois países que partilham ligações históricas e troca de passageiros, nomeadamente com a entrada em território angolano do segmento corporativo (médicos e professores cubanos) e viagens relacionadas ao turismo, educação e cuidados de saúde no sentido inverso.

Adianta que a partir de 8 de Novembro, a retoma de voos, com as saídas de Luanda/Havana operada por avião Boeing 777-300, com frequências quinzenais em Novembro, frequências semanais em Dezembro e frequências quinzenais em Fevereiro de 2023.

Os voos com destino a Havana, de acordo ainda com o comunicado, vão passar a sair de Luanda à terça-feira.

Para além da retoma dos voos para Havana, a TAAG avança também o aumento das frequências para Madrid (Espanha), com um voo adicional (semanal) em resposta aos níveis cada vez maiores de procura e taxa de ocupação das aeronaves.

A Angola Airlines foi fundada em 1938 e está baseada em Luanda, cidade capital. Por mais de 80 anos a TAAG tem vindo a conectar os angolanos através de ligações domésticas e internacionais.

 A TAAG é uma companhia líder do mercado de aviação em Angola, reconhecida globalmente e com um crescimento sustentado, disponibilizando actualmente 14 destinos domésticos e 12 destinos internacionais.

 Além do transporte de passageiros, a sua frota realiza igualmente transporte de carga, um serviço considerado cada vez mais essencial para o desenvolvimento do ecossistema local.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas