Connect with us

TRANSPORTES

TAAG assegura que passageiros do Voo cancelado já seguem viagem para Lisboa

Published

on

Numa nota, distribuída ontém quinta-feira, a Companhia Aérea nacional (TAAG) está a dar tratamento adequado aos passageiros do voo DT650 cuja partida para Lisboa foi cancelada as 22 horas de quarta-feira, depois de os mesmos já terem embarcado na aeronave.

O cancelamento do voo, justifica na nota, ocorreu após ter sido detectada uma avaria técnica na aeronave Airbus A340 numa altura em que os 236 passageiros já se encontravam a bordo.

“No seguimento dos procedimentos habituais, os passageiros impactos estão a ser transferidos para os voos imediatamente a seguir na programação, mediante a disponibilidade de lugares nas aeronaves”.

Acrescenta ainda que a companhia solicitou a compreensão dos passageiros que têm residência em Luanda para que regressassem às suas casas como forma de fazer face à exiguidade de hotéis disponíveis.

“Assim, na realocação de passageiros, foi dada prioridade aos passageiros em trânsito, não-residentes e com mobilidade reduzida”, lé-se no documento chegado à Redacão do Correio da Kianda.

Do total de passageiros, esclarece a companhia Nacional de bandeira, 39 seguiram viagem durante na manhã ontém para Lisboa em Voo TAP.
Outros 44 passageiros foram transferidos para o Voo TAAG DT- 652 com destino a Lisboa, saído de Luanda as 13h05 de quinta-feira.
As 23h15 de ontem, quinta-feira, 59 passageiros foram transferidos para o Voo TAAG DT 650 com destino a
Lisboa.

“Relativamente aos demais passageiros o call center TAAG está a contactá-los prestando a informação necessária, de forma a gerir as suas expectativas e a garantir a sua alocação em próximos voos”.
A TAAG acrescenta também que assim que tomou conhecimento da avaria na aeronave, aguiu prontamente, pelo que etendemos que alguns passageiros se recusaram a abandonar o aeroporto enquanto não obtivessem informação sobre o seu embarque.
“Porém, embora reconhecemos como um desejo legítimo por parte do passageiro, não foi possível disponibilizar esta informação de forma imediata, pois depende da análise de reservas, disponibilidade de aeronaves e negociação com outras companhias”, refere.
A TAAG nforma também que o cancelamento do referido voo afectou também os passageiros do voo Lisboa/Luanda (com a mesma aeronave) previsto para o período matinal de ontém, dia 29 de setembro.

“O processo de reencaminhamento e acomodação nos hotéis está a ser assegurado pela nossa escala de Lisboa e está a decorrer sem constrangimentos, destacando-se, aqui, a compreensão dos passageiros”.

A TAAG lamenta o sucedido e assegura ao público em geral que está apostada na melhoria dos seus serviços e procedimentos, mantendo sempre o seu compromisso inabalável com a segurança operacional.