Connect with us

Sociedade

TAAG com dificuldades para contactar angolanos retidos em Portugal

Published

on

Prestes a iniciar os voos de repatriamento de angolanos que se encontram retidos em Portugal, a TAAG informou que tem encontrado dificuldades para contactar àqueles cidadãos.

De acordo com o comunicado do Consulado Geral de Angola em Lisboa, enviado hoje ao Correio da Kianda, no âmbito da programação dos voos, a TAAG “constatou que inúmeros contactos telefónicos fornecidos aquando do registo, não estão atribuídos e bilhetes de passagens estão com números incorrectos”.

A TAAG informou ainda que dará início ao processo de regresso ao país, na próxima sexta-feira, 24. A previsão é que ocorram pelo menos oito voos humanitários de repatriamento de portugueses e angolanos residentes em Portugal ou países próximos.

Na mesma nota, o Consulado “apela a todos os interessados a contactarem a representação da TAAG naquele país europeu para eventuais correcções que se impõem”.

O espaço aéreo angolano encontra-se fechado para voos comerciais, desde o final de Março, deste ano, como medida de prevenção ao avanço do novo coronavírus.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Elias Manuel Lourenço

    22/07/2020 at 2:49 pm

    Não me parece ser credible esta informação.
    Se os voos São de character humanitarios por parte do governo angolano, porq que o consulado que Recebeu as coisas de passaportes assim como os contactos telefonico e emails, não passa à enviam emails de forma aleatoria aos cidadãos.
    Os balcoes da TAAG ca em Lisboa, não estao a funcionar desde Março. Ta haver gato por parte do consulado é a TAAG.
    Querem levar vossos conhecidos, amigos e parentes, depois alegar que o repatriamento esta correr da melhor maneira e bem organizado.
    Se não é voo de caracter commercial, a TAAG, so deve esperar a lista do consulado de forma organizada. Ponto final.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Colunistas