Connect with us

Mundo

Sudão quer apresentar queixa contra as RSF nos tribunais internacionais

Published

on

O Presidente do Conselho de Transição e chefe do Exército do Sudão, Abdel Fattah al-Burhane, anunciou esta quarta-feira, 11, a criação de um comité para apresentar nos tribunais internacionais as queixas contra as Forças de Apoio Rápido (RSF, na sigla em inglês) e os países que as apoiam.

Abdel Fattah al-Burhane afirmou que este comité, que será dirigido pelo Ministério da Justiça sudanês, tratará das queixas contra as RSF, os seus dirigentes e os países que as apoiam “perante as autoridades competentes, incluindo os tribunais e as organizações regionais e internacionais”, escreve a agência espanhola de notícias, citando a sua congénere estatal sudanesa, a SUNA.

Esta agência precisou que este órgão será igualmente composto por membros do Ministério Público, do Ministério da Defesa, da Polícia, do Ministério das Finanças, dos Serviços de Inteligência e do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

As Forças de Apoio Rápido desenvolveram-se a partir das milícias Janjaweed e são compostas principalmente pelos membros dessas milícias que lutaram em nome do governo sudanês durante a Guerra de Darfur, no início dos anos 2000, matando, violando civis e incendiando suas casas, dentre outras violações dos direitos humanos e atrocidades.