Connect with us

Mundo

Sudão: paramilitares tomam palácio presidencial. Confrontos deixam mais de 30 mortos

Published

on

O grupo paramilitar sudanês Forças de Apoio Rápido (RSF) anunciou este sábado, 15, que assumiu o controlo do Palácio Presidencial em Cartum, depois de confrontos com o exército. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), pelo menos 30 pessoas morreram e 400 ficaram feridas durante os conflitos.

O presidente do Conselho Soberano e líder militar, Abdelfatah al Burhan, reside no palácio, mas até o momento desconhece-se o seu paradeiro, segundo a agência espanhola EFE.

A informação foi divulgada num comunicado também citado pela agência norte-americana AP, que alertou para a impossibilidade de uma confirmação independente do que afirma o grupo paramilitar.

As milícias RSF disseram também que tomaram o aeroporto internacional de Cartum, bem como um aeroporto e uma base aérea na cidade de Marawi, cerca de 350 quilómetros a noroeste da capital.